sábado, 11 de maio de 2019

Quais são as vantagens em vacinar uma criança?


Vacinas são úteis para evitar doenças, sequelas graves e a morte.
***
Muitas pessoas argumentam que ter uma doença vai causar o mesmo efeito que tomar uma vacina. No entanto, geralmente, a não vacinação pode trazer muitos riscos a vida de uma pessoa, além de gerar sequelas que podem durar toda uma vida. Por exemplo, a varicela, também conhecida pelo nome de catapora pode levar à pneumonia e à morte. A poliomielite pode provocar paralisia permanente e a criança passar o resto da vida em uma cadeira de rodas. Outro argumento que é usado contra a vacinação é que as vacinas não são necessárias em pessoas bem alimentadas. Mesmo que uma pessoa seja saudável, não significa que ela não esteja em risco ao ter uma infecção. Uma pessoa saudável ainda pode ter complicações muito sérias ao ser infectada. Além disso, não vacinar uma criança, por exemplo, não coloca em risco apenas a criança não vacinada, mas outras também. Uma criança vacinada não transmite a doença para a qual ela tomou vacina. Porém, uma criança não vacinada pode pegar a doença e  transmi-la outras crianças que ainda não foram vacinadas ou não puderam ser vacinadas. Isso ocorre, porque o doente transmite a doença muito antes de ter sintomas. Uma criança visivelmente saudável, mas não vacinada, pode estar transmitindo sarampo para um recém-nascido que ainda será vacinado, por exemplo. Assim, caso você tenha alguma dúvida sobre vacinação, converse com um profissional de saúde. Evite colocar a vida dos seus filhos e dos seus familiares em risco.

Referências: 
Mayo Clinic [Internet]. Infant an toddler health: do vaccines cause autism? Is it ok to skip certain vaccines?. Disponível  em: https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/infant-and-toddler-health/in-depth/vaccines/art-20048334. Informação atualizada em 22 de março de 2019. Acesso em: 15 abr. 2019

KidsHealth [Internet]. Ben-Joseph, Elana Pearl. Is there a connection between vaccines and autism? Informação atualizada em março de 2019. Disponível em: https://kidshealth.org/en/parents/autism-studies.html Acesso em: 15 abr. 2019.

Autor do resumo: 
Gabriella Neves Cury

Revisores do resumo: 
Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!