terça-feira, 31 de julho de 2018

Qual é o tratamento para a depressão pós-parto?


Trata-se a depressão pós-parto com psicoterapia, medicamentos antidepressivos e atividade física.

***
O tratamento da depressão pós-parto depende do grau da depressão. No grau leve, a psicoterapia é a primeira opção de tratamento, já nos graus moderados e graves, o ideal é associar medicamentos antidepressivos com a psicoterapia. Os medicamentos mais usados para o tratamento da depressão pós parto são da família da sertralina, citalopram e fluoxetina. A maioria dos medicamentos para o tratamento da depressão consumidos pela mãe é transferida por meio do leite materno para o recém-nascido, geralmente, em níveis baixos. Assim, o médico juntamente com a família precisam decidir se a medicação será mantida juntamente com a amamentação. Caso a amamentação seja mantida duranto o uso de medicamentos para o tratamento da depressão, é importante que pais e médicos fiquem atentos às mudanças de comportamento do bebê. Quando se opta pelo tratamento com medicamentos, faz-se uma tentativa de tratamento por 6 semanas, e caso haja melhoria dos sintomas o tratamento é mantido por mais 6 meses para evitar recaídas, ou seja, novos quadros de depressão.  Se a paciente não melhorar, talvez seja necessário substituir o medicamento por outro. Para algumas mulheres, a atividade física pode auxiliar na superação da depressão, embora os estudos científicos não sejam conclusivos.

Referências: DynaMed [Internet] Postpartum depression. Atualizada em 25 de Agosto de 2017. Disponível em: http://psbe.ufrn.br/. Acesso em; 21 abr. 2018.

AcessMedicine [Internet]. Cunningham, F. et al. Psychiatric disorders. In: __. Williams Obstetrics. 25ed. New York, NY: McGraw-Hill; 2018.  Disponível em: http://psbe.ufrn.br/. Acesso em: 21 abr. 2018.

Autor do resumo: Ângelo Alves Favaro
Revisores do resumo: Nivaldo Sena da Silva, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!