segunda-feira, 16 de abril de 2018

Quais os impactos do bullying para a saúde?


Bullying é a agressão repetitiva a uma pessoa. A pessoa agredida tende a se isolar. Já a pessoa agressora possui dificuldades em manter relacionamentos.

***
Bullying é a agressão física ou psíquica repetitiva a uma pessoa. O que leva uma criança ser vítima de bullying pode variar. Às vezes, algumas características na personalidade ou dificuldades de adaptação podem ter feito a criança ficar mais propensa ao bullying. Problemas como baixa habilidade social, dificuldade em fazer amigos, afastamento, timidez ou simplesmente ficar mais quieto que as demais pessoas podem ser suficientes para desencadear o bullying. Frequentemente, as vítimas são aqueles que ficam facilmente chateados ou têm dificuldades de se defender em público. Muitos deles se sentem mais confortáveis em se socializar com adultos do que com crianças da mesma idade. Alguns indícios de que uma criança está sendo vítima de bullying são queda no desempenho escolar, faltas na escola e sintomas de depressão ou ansiedade (por exemplo, dor de cabeça ou dor de estômago). Existem diversos aspectos no bullying que fazem com que ele se perpetue no ambiente escolar. Muitas crianças vítimas de bullying, por exemplo, podem se achar culpadas pelo comportamento do agressor, e alguns familiares e funcionários veem o bullying no ambiente escolar como uma fase normal do crescimento, o que dificulta o reconhecimento e a resolução do problema. O não reconhecimento e resolução de situações e experiências de bullying pode resultar em ansiedade, depressão, dificuldade de concentração, baixa auto-estima e o isolamento social por parte da vítima. O bullying pode também trazer consequências danosas para o agressor. Os agressores, por exemplo, apresentam menores chances de conseguir emprego, casar ou manter relações estáveis, do que outras pessoas da mesma idade.

Referências: Access Medicine [Internet]. Taras, H. L. Children. In: Mitchell D. Feldman et al. eds. Behavioral medicine: a guide for clinical practice, 4e. New York: McGraw-Hill, 2014. Disponível em: http://psbe.ufrn.br/. Acesso em: 5 jan. 2018.

UpToDate [Internet]. Peer violence and violence prevention. Informação atualizada em: 01 de agosto de 2017. Disponível em: http://www.sibi.usp.br/. Acesso em: 5 jan 2018.

Autor do resumo: Nivaldo Sena da Silva
Revisores do resumo: Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!