quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

O que é trombose de veia porta?

A trombose da veia porta é o entupimento dessa veia, causando dor abdominal, dor nas costas, enjoo, febre, diarreia sem sangue ou aumento da barriga.

***
A veia porta é a veia responsável por drenar o sangue do sistema digestivo, levando-o para o fígado. Trombose da veia porta é o entupimento desta veia, ou de seus ramos, por um coágulo sanguíneo. Os sintomas mais comuns observados na trombose da veia porta são: dor abdominal, ou seja, dor na região da barriga, dor nas costas, enjoo, febre, diarreia sem sangue, aumento no tamanho da barriga ou acúmulo de líquido na barriga (ascite). O diagnóstico de trombose da veia porta deve ser considerado quando um paciente está com dor abdominal há mais de 24 horas, que esteja ou não com febre ou que tenha redução de eliminação de fezes. A confirmação do diagnóstico é realizada com  exames por imagem. Em pacientes com febre alta e tremores, deve-se pensar em infecção associada à trombose da veia porta. A trombose da veia porta pode ser gerada por uma combinação de fatores, que incluem: redução do fluxo de sangue pela veia, aumento da coagulação sanguínea, alterações nas paredes da veia, cirrose ou câncer no fígado. Em pacientes com cirrose, o desenvolvimento da trombose da veia porta pode ser causado pela interação de três fatores (parada da circulação, aumento da coagulação sanguínea e disfunção da parede da veia). Em pacientes com câncer no fígado, a trombose da veia porta geralmente está relacionada à compressão ou à invasão direta da veia porta pelo tumor. Em crianças, a trombose da veia porta normalmente é causada pela introdução de um cateter da veia do umbilical, infecção do coto umbilical ou infecções abdominais.

Referência: DynaMed [Internet]. ACCP guideline on antithrombotic therapy for VTE disease. Informação atualizada em 12 de outubro 2016. Disponível em: http://psbe.ufrn.br/. Acesso em: 22 jun. 2017.

Autor do resumo: Ivia Cristina Almeida Tiago
Revisores do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Marta Cristiane Alves Pereira, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!