quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Existe tratamento caseiro para diarreia?


O tratamento caseiro para diarreia pode ser feito com soro de reidratação oral e chá de brotos de goiabeira. Em caso de piora, um médico deve ser consultado.

***
Diarreia é uma condição bastante comum em todas as idades, especialmente em lactentes e crianças pequenas. A causa mais comum de diarreia em crianças são as gastroenterites. O tratamento para os sintomas de gastroenterites inclui, principalmente, a prevenção da desidratação, o tratamento da desidratação e a alimentação precoce. Para prevenir a ocorrência de desidratação, o soro de reidratação oral deve ser utilizado. Outros tipos de bebidas, como refrigerantes, sucos e chás, não devem ser utilizados na prevenção da desidratação, pois contêm baixo teor de sódio. O soro de reidratação oral pode ser obtido em unidades básicas de saúde e em farmácias, na forma de envelopes contendo um pó que deve ser diluído em água filtrada ou fervida. Existem receitas para o preparo do chamado "soro caseiro", mas estas receitas devem ser evitadas porque frequentemente resultam em quantidade inadequada de sódio no soro preparado. O soro de reidratação oral deve ser oferecido à criança em pequenas quantidades e com grande frequência, principalmente após vômitos e evacuações líquidas. Para se reduzirem os sintomas da diarreia aguda, um remédio caseiro pode ser utilizado: o chá de brotos de goiabeira. Este chá é recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para o tratamento da diarreia aguda não infecciosa e enterite por rotavirus. Esta indicação é baseada em estudos clínicos em que o chá de brotos de goiabeira reduziu os sintomas de pacientes, incluindo crianças, com diarreia aguda de várias causas. Para preparar o chá, adicionar 500 mg de brotos bem picados (aproximadamente uma colher de chá caseira cheia) a 150 mL de água quente, aguardar 5 minutos, filtrar e deixar esfriar antes de oferecer. Adultos e crianças com mais de 12 anos devem tomar 150 mL do chá 2 a 3 vezes por dia, enquanto crianças entre 3 e 12 anos devem receber 5 mL (1 colher de chá) do chá por kilograma de peso corporal por dia, divididos em duas a três doses. Por exemplo, se uma criança estiver pesando 8 kg, ela deverá receber 40 mL do chá, pois deve-se multiplicar os 8 kg por 5 mL. O total de 40 mL deve ser dividido em 3 doses de 13 mL. O tratamento com o chá não deve exceder 15 dias contínuos. Os familiares ou cuidadores do paciente com diarreia devem ficar sempre ficar atentos para os sinais de desidratação. Pode-se suspeitar que, por exemplo, uma criança está desidratada quando ela estiver com a boca seca, quando estiver fazendo pouco xixi ou quando o xixi possuir uma cor amarelo forte, quando apresentar poucas lágrimas ao chorar, ou quando apresentar os olhos fundos, a respiração rápida e cansada, e estiver muito molinha. É importante lembrar que mesmo com o tratamento caseiro para diarreia, deve-se buscar atendimento médico para averiguação do diagnóstico, sobretudo, se o paciente for criança e apresentar algum sinal de desidratação.

Referências: Access Medicine [Internet]. FORD, D.M., HANNA, M.G. Fluid, electrolyte, & acid-base disorders & therapy. In: HAY, W.W., Jr. et al. eds. Current diagnosis & treatment pediatrics. 23ed. New York: McGraw-Hill, 2014. Acesso em: 28 out. 2017.

BRASIL. Memento Fitoterápico da Farmacopeia Brasileira. 1ed. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2016.

PEREIRA, A. M. S., et al. Formulário de preparação extemporânea da Farmácia da Natureza. 1a ed. São Paulo: Bertolucci, 2017.


Autor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona
Revisores do resumo: Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!