segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

O que é febre amarela?


Febre amarela é uma doença viral transmitida pela picada de um mosquito. Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, vômito, pele amarelada e sangramento.

***
A febre amarela é uma doença causada por um vírus e transmitida pela picada de mosquitos. Os principais mosquitos que transmitem a febre amarela são o Aedes aegypti, que vive principalmente nas cidades e que também pode transmitir dengue, zika e chikungunya; e os mosquitos da família Haemagogus, capazes de picar macacos infectados pelo vírus e transmitir a doença para seres humanos. A maioria dos casos desta doença ocorre em países da América do Sul, como Brasil, Paraguai e Argentina, e em países da África, como Sudão, Congo e Etiópia. No Brasil, existem áreas em que há maior chance de adquirir a doença, que são, principalmente, locais de mata e rio em todos os estados do Norte e do Centro-Oeste, em alguns estados do Nordeste, do Sudeste e do Sul. O Aedes aegypti pode transmitir a febre amarela em zonas urbanas, porém não há casos de transmissão urbana no Brasil desde 1942, devido à vacinação. Os casos recentes, na cidade de Ribeirão Preto, por exemplo, são de pessoas que de alguma forma tiveram contato com áreas de mata, onde os mosquitos Haemagogus picam macacos infectados e transmitem para os homens não vacinados. A maioria das pessoas que é infectada pelo vírus da febre amarela não desenvolve sintomas mas, quando apresentam, eles podem ter intensidade e gravidade variadas. Os principais sintomas da febre amarela são febre, dor de cabeça e vômitos. Além destes, o paciente pode apresentar dor nas costas, dor muscular, náuseas, calafrios e muita indisposição. Em casos mais graves, o paciente pode ficar com a pele amarelada e ter sangramentos. Os sangramentos podem ocorrer nas gengivas, no nariz, pelo vômito, pelas fezes (que ficam negras), na forma de petéquias (pequenos pontos roxos na pele), entre outras formas. Em seus quadros mais graves, a febre amarela pode fazer com que órgãos importantes deixem de funcionar, como o fígado, os rins, o baço e o coração. Ao procurar um médico com algum desses sintomas, é importante o paciente informar se mora em algum lugar que costuma ter casos de febre amarela, se esteve em lugares de mata ou se realizou alguma viagem há pouco tempo. Ao suspeitar que o paciente tenha febre amarela, o médico pode solicitar exames de sangue para verificar a presença do vírus, e também para analisar a função do fígado. Os sintomas, juntamente com as informações fornecidas pelo paciente e os exames, irão permitir que seja feito o diagnóstico correto de febre amarela.

Referências: Dynamed [Internet]. Yellow fever. Informação atualizada em 20 de junho de 2016. Disponível em: http://psbe.ufrn.br/. Acesso em: 18 jan. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Febre amarela. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/febreamarela/sobre.php. Acesso em: 18 jan. 2017.

Autor do resumo: Lenisa de Mello e Souza
Revisores do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona,  Enfa. Dra. Iara Cristina da Silva Pedro, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!