quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O que é Doença de Crohn?


Doença de Crohn é uma doença que afeta o intestino, causando dor, diarreia e sangramento. Ela pode também pode afetar outras partes do corpo.

***
O sistema digestório é a parte do corpo que realiza a alimentação, a digestão dos alimentos e a formação das fezes (cocô). Ele é formado por várias partes: boca, esôfago, estômago, intestino e ânus. A Doença de Crohn é uma doença que causa inflamação em todo o sistema digestório, atingindo principalmente o intestino. Além do sistema digestório, ela pode afetar a pele, os olhos, o fígado, os rins, os ossos e o sangue. Os principais sintomas da Doença de Crohn são relacionados ao sistema digestório: dor na barriga, diarreia, sangramento nas fezes e perda de peso. Outros problemas também podem acontecer, como náuseas, vômitos, pequenos machucados na boca e ao redor do ânus. As crianças que apresentam essa doença podem crescer mais devagar ou menos do que as outras. Quando a Doença de Crohn atinge outras partes do corpo, ela pode causar sintomas diferentes, como febre, cansaço ou dor nas juntas. Na pele, pode surgir o eritema nodoso (condição que deixa a pele inchada e com manchas vermelhas). Nos olhos, podem ocorrer inflamações. No fígado, aumenta o risco de hepatite (inflamação do fígado). Os pacientes com a Doença de Crohn geralmente têm anemia (diminuição das células vermelhas do sangue, que transportam oxigênio) e aumento das células de defesa (glóbulos brancos). Esses pacientes também podem ter maior risco de desenvolver pedras no rim e na vesícula. Além desses problemas, os pacientes com Doença de Crohn podem desenvolver depressão ou ansiedade e ficar muito dependentes ou agitados, por terem uma doença de longa duração e precisarem tomar remédios. Quando o médico suspeita que o paciente possa ter a Doença de Crohn, ele deve pedir alguns exames para confirmar, como a colonoscopia. Durante a colonoscopia, pode ser realizada uma biópsia, que é a retirada de um pequeno pedaço do intestino para ser analisada no microscópio. A partir dessas informações, é possível saber se a pessoa apresenta Doença de Crohn. Não se sabe exatamente o que causa a Doença de Crohn e como ela se desenvolve.  O que se sabe é que ela tem relação com fatores genéticos (características de cada pessoa, registradas no DNA, que podem ou não ser passadas de pai para filho) e também com fatores ambientais, como amamentação, alimentação, tabagismo, atividade física ou infecções. Alguns fatores ambientais que aumentam o risco de desenvolver a Doença de Crohn são: alimentação rica em gorduras, açúcar e comidas processadas (bolachas, salsichas, conservas, refrigerantes, etc), o hábito de fumar, a convivência com fumaça de cigarro e a ocorrência de infecções do sistema digestório. Existem também fatores que diminuem o risco de desenvolver a doença, como amamentação com leite materno, alimentação rica em fibras, frutas e vitamina D, além da prática de exercícios físicos.

Referências:

UpToDate [Internet] Clinical manifestations, diagnosis and prognosis of Crohn disease in adults. Informação atualizada em 2015. Disponível em: www.sibi.usp.br Acesso em: 29 jul. 2016.

UpToDate [Internet] Definition, epidemiology, and risk factors in inflammatory bowel disease. Informação atualizada em 2015. Disponível em: www.sibi.usp.br. Acesso em: 29 ago. 2016.

Dynamed [Internet] Crohn’s disease & ulcerative colitis: a guide for parents . Informação atualizada em 2016. Disponível em: http://psbe.ufrn.br/ Acesso em: 5 set. 2016.

Autor do resumo: Lenisa de Mello e Souza
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!