sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Qual é a relação entre histerectomia e endometriose?


Histerectomia é uma cirurgia para remover o útero, e é uma das formas de tratamento da endometriose.

***
A histerectomia é uma cirurgia para remover o útero. Muitas mulheres se submetem a uma histerectomia a cada ano. As razões para a necessidade de uma histerectomia incluem: menstruações intensas ou muito dolorosas, que não melhoram com o tratamento com medicamentos; miomas, que são crescimentos anormais do músculo do útero, que podem ser muito grandes e pressionar a bexiga, causando sintomas para urinar; prolapso uterino, ou seja, o útero ou partes da vagina que descem e ficam muito baixos após a menopausa; alguns tipos de câncer no útero, nos ovários ou nas trompas; e endometriose, que é uma condição em que as células que revestem o útero por dentro, chamadas de endométrio, são encontradas fora do útero, mas dentro da barriga da mulher. A endometriose pode causar cicatrizes ao redor do útero e aderências (ou seja, tecidos que se juntam) entre a bexiga, o reto, o útero e as trompas. A endometriose pode causar apenas sintomas leves, mas algumas mulheres podem apresentar menstruações dolorosas, dor na barriga, ou dor durante o sexo. Desta forma, a histerectomia é uma das opções de tratamento para endometriose, e não a causa do problema.

Referência: Dynamed[Internet]. Hysterectomy. Atualizada em abril de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 01 de setembro de 2016.

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!