segunda-feira, 12 de setembro de 2016

O que é estenose da valva pulmonar?


Estenose da valva pulmonar é um estreitamento da passagem de sangue do ventrículo direito do coração para as artérias pulmonares.

***
Estenose da valva pulmonar é uma doença cardíaca. O coração normal é dividido em quatro partes, sendo as duas partes de cima chamadas de átrios e as de baixo chamadas de ventrículos. Algumas veias e artérias estão ligadas a essas partes. Uma grande artéria, chamada de artéria pulmonar, tem origem na base do ventrículo direito e se divide em artérias pulmonares direita e esquerda, parecendo uma letra “T”. A valva (ou válvula) pulmonar separa o ventrículo direito da artéria pulmonar. As valvas funcionam como “portas” que abrem apenas em um único sentido, para permitir a passagem de sangue e impedir que o sangue volte no sentido contrário. Quando o coração contrai, a valva pulmonar se abre para o sangue passar do ventrículo direito para a artéria pulmonar. Quando o coração relaxa, a valva se fecha, impedindo que o sangue saia da artéria e volte para o ventrículo direito, fazendo com que o coração consiga bombear o sangue para frente. Durante a gravidez, quando o coração do bebê está sendo formado, pode acontecer da valva pulmonar não se desenvolver adequadamente, deixando estreita a passagem para o sangue. Este problema é o que chamamos de estenose da valva pulmonar. Na maioria dos casos, é um problema congênito, ou seja, que está presente desde o nascimento, e tem causa desconhecida. Também pode estar associado com outras malformações relacionadas ao coração. Em casos mais raros, a estenose da valva pulmonar pode ser consequência de manifestações de tumores ou da febre reumática. Quando este problema ocorre, uma quantidade menor de sangue sai do coração para chegar aos pulmões, e isso faz com que haja menos oxigênio na circulação sanguínea. Os sintomas variam muito. Alguns pacientes podem não apresentar nenhum sintoma. Outros podem ter cansaço; falta de ar; inchaço nos pés, mãos e barriga; dor no peito; tonturas; desmaios; aumento da pressão arterial; e alteração nos sons do coração. Os sintomas podem se agravar durante os esforços físicos. Este problema pode ser detectado por meio de avaliação clínica dos sintomas apresentados, de exames de imagem, como radiografia do tórax, ecocardiografia ou ressonância magnética, além de eletrocardiografia.

Referência: Dynamed [Internet]. Pulmonic valve disease. Informação atualizada em 25 de janeiro de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 15 ago. 2016.

Autor do resumo:  Iara Cristina da Silva Pedro
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!