terça-feira, 2 de agosto de 2016

Qual é o tratamento para icterícia neonatal?



A icterícia neonatal pode ser tratada com banhos de Sol. Os casos graves podem ser tratados com fototerapia, medicamentos, dieta especial ou cirurgia.

***
O tratamento da icterícia depende da causa deste sintoma. A icterícia fisiológica geralmente desaparece sozinha entre 2 e 3 semanas. No caso da icterícia fisiológica do recém-nascido, recomenda-se a manutenção do aleitamento materno e que o recém-nascido receba banhos de Sol, sempre pela manhã, antes das 10 horas ou após as 16 horas, durante 10 minutos. Nos dias frios, é possível dar o banho de Sol através de uma janela de vidro. Para os casos mais graves de icterícia ou em bebês prematuros, a fototerapia é o melhor tratamento inicial. A fototerapia consiste em colocar o recém-nascido embaixo de uma luz azul bem forte. As ondas de luz transformam a bilirrubina em uma substância inofensiva. A fototerapia é segura e eficaz. O paciente terá os olhos vendados para a proteção. A fototerapia geralmente dura de 1 a 2 dias. Se o bebê é tratado com fototerapia, ele terá que ingerir mais líquidos ou receber mais soro na veia para evitar a desidratação. Para alguns bebês a fototerapia pode ser iniciada logo após o nascimento, como nos prematuros, ou quando a icterícia começa nas primeiras 24 horas de vida. Se a fototerapia não funcionar e o nível de bilirrubina do bebê continuar alto, o bebê pode precisar de uma transfusão de sangue. Neste tratamento, um pouco do sangue do bebê é retirado, diluído, e depois transferido de volta para o bebê. Se uma outra doença está causando a icterícia, o médico irá tratar a outra doença. O tratamento pode envolver o uso de medicamentos, como antibióticos, o uso de dietas especiais ou cirurgia em alguns casos.

Referência: Dynamed [Internet]. Neonatal hyperbilirubinemia. Atualizada em março de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 26 de maio 2016.

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!