terça-feira, 12 de julho de 2016

Qual é o tratamento para hemofilia?



O tratamento da hemofilia é feito com a infusão de medicamento para controlar hemorragias e pela infusão de concentrados de fatores da coagulação.

***
Atualmente, não há cura para a hemofilia. O tratamento depende da gravidade da hemofilia. No paciente que tem hemofilia, quando tem um pequeno corte ou arranhão, deve ser feito pressão e um curativo na ferida. Uma pedra de gelo pode ser usada quando há pequenas áreas de sangramento sob a pele. Quando um paciente hemofílico está com uma hemorragia mais intensa, o tratamento pode envolver a injeção lenta de um medicamento chamado desmopressina (DDAVP) pelo médico numa das veias. A desmopressina ajuda a liberar mais fator de coagulação para parar o sangramento. Às vezes, a desmopressina é dada como um medicamento que pode ser inalado através do nariz em forma de spray nasal. Pacientes com hemofilia moderada ou grave podem precisar receber uma infusão de fator de coagulação obtidos a partir de sangue humano doado ou de produtos geneticamente modificados chamados fatores de coagulação recombinantes para parar o sangramento. Infusões repetidas podem ser necessárias se a hemorragia for grave. Se o potencial de sangramento após um procedimento qualquer for grave, o médico pode prescrever infusões de fator de coagulação antecipadamente para evitar sangramentos. Quando sangramentos repetidos danificam as articulações, a fisioterapia é usada para ajudá-las a funcionar melhor. A fisioterapia ajuda a manter as articulações em movimento e impede que as juntas de fiquem deformadas ou imobilizadas. Às vezes o sangramento nas articulações pode danificar as articulações ou destruí-las. Nesta situação, o paciente pode precisar de uma articulação artificial. Pesquisadores estão trabalhando para desenvolver um tratamento de substituição de genes (terapia genética) para a hemofilia A. Os resultados obtidos até agora são encorajadores. A esperança é que haverá uma cura para a hemofilia no futuro. Pacientes que têm hemofilia A e B estão vivendo muito mais tempo e com menos deficiências do que há 30 anos. Isto ocorre por causa do uso de infusão intravenosa de concentrado de fator de coagulação, do tratamento profilático, e da educação do paciente e de sua família.

Referência: Dynamed[Internet]. Hemophilia B. Informação atualizada em janeiro de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 20 de jun. de 2016.

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!