quinta-feira, 14 de julho de 2016

O que é puberdade precoce?



Puberdade precoce é o início das transformações nos órgãos sexuais e do estirão do crescimento antes da idade esperada.

***
Puberdade é o nome que se dá às transformações que ocorrem nos órgãos sexuais de adolescentes, que ganham características de adultos. Em meninas, ocorre o desenvolvimento das mamas, o aparecimento de pelos pubianos, e a primeira menstruação. Em meninos, ocorre aumento do tamanho dos testículos e do pênis, além do surgimento de pelos pubianos. Nos dois sexos ocorre também um crescimento rápido, chamado de estirão. A puberdade ocorre, geralmente, depois dos 8 anos em meninas e depois dos 9 anos nos meninos. A puberdade é chamada de precoce quando ocorre antes dessas idades. Meninas afrodescendentes e hispânicas podem apresentar a puberdade um pouco mais cedo do que meninas brancas, então elas podem ter uma maior chance de ter a puberdade precoce. Na maioria das vezes, quando a puberdade ocorre mais cedo do que o esperado, é apenas uma aceleração do processo de desenvolvimento. Não é uma doença. Ocasionalmente, a puberdade precoce pode começar devido a uma anormalidade na glândula hipófise ou no hipotálamo (uma parte do cérebro). Este tipo de puberdade precoce é chamada de puberdade precoce central. Quando, a puberdade precoce ocorre porque as glândulas que produzem hormônios sexuais (os ovários, nas meninas, e os testículos, nos meninos) começam a trabalhar por conta própria, mais cedo do que o normal, isso é chamado de puberdade precoce periférica. Em meninos e meninas, as glândulas suprarrenais, pequenas glândulas que ficam em cima dos rins, podem começar a produzir hormônios masculinos fracos, chamados andrógenos adrenais, em uma idade precoce, fazendo com que os pelos pubianos e axilares e o odor corporal apareçam antes dos 8 anos, mas esta situação, chamada de adrenarca precoce, geralmente não requer nenhum tratamento. Para a maioria das meninas, não há nenhum problema médico: elas simplesmente começam a puberdade muito cedo sem razão conhecida. Nos meninos, a situação é menos comum e tem mais chance de ser relacionada a um problema médico. A puberdade precoce pode ser hereditária (ou herdada geneticamente) em cerca de 5% dos meninos e menos de 1% das meninas. A puberdade precoce pode ser transmitida geneticamente para um filho pelo pai ou pelo avô materno. Por fim, a exposição a medicamentos ou suplementos contendo hormônios pode também levar à puberdade precoce.

Referência: Dynamed [Internet]. Precocious puberty. Informação atualizada em janeiro de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 28 jan. 2016

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!