quinta-feira, 21 de julho de 2016

O que é insuficiência renal crônica em crianças?



A insuficiência renal crônica consiste na perda progressiva e irreversível das funções dos rins.

***
A doença renal crônica, também chamada de insuficiência renal crônica é uma doença que vem se tornando progressivamente mais frequente no Brasil e no mundo. Esta doença consiste na perda progressiva e irreversível das funções dos rins. As principais funções dos rins são: filtrar o sangue para eliminar substâncias indesejadas (também chamadas de escórias), eliminar o excesso de água do organismo, regular a pressão do sangue, regular o pH do sangue (a acidez, por assim dizer), e estimular a produção de glóbulos vermelhos do sangue. Desta forma, a doença renal crônica pode afetar algumas ou todas essas funções, e o paciente pode apresentar: excesso de escórias no sangue, inchaço (excesso de água no organismo), pouca urina, pressão alta, acidez no sangue, e anemia. Esta doença pode se iniciar de forma rápida ou lenta, mas tem duração superior a 3 meses. Ela é causa importante de outros problemas de saúde e também de morte. As causas iniciais desta doença variam de acordo com a região do mundo, da faixa etária do paciente, mas sem dúvida incluem, como principais causas, as malformações do sistema urinário (isto é, aquelas que estão presentes ao nascimento), as doenças glomerulares (ou seja, que acometem os glomérulos, que são pequenas estruturas dentro dos rins), e as doenças hereditárias (aquelas transmitidas pelos genes, dos pais para os filhos). Em lactentes e pré-escolares, predominam como causas as malformações do sistema urinário. Na faixa etária de escolares e adolescentes, predominam como causas as doenças glomerulares, os problemas na eliminação da urina, e as sequelas de outras doenças adquiridas. Embora a incidência da doença renal crônica na infância seja muito menor do que a encontrada em adultos, deve-se salientar que, em estágio avançado, pode prejudicar o desenvolvimento físico e neurológico do paciente. A doença renal crônica pode ser diagnosticada através de exames de sangue e de urina, complementados por exames de imagem, como ultrassom ou tomografia, sempre com a orientação de um profissional de saúde qualificado.

Referência: Dynamed [Internet]. Chronic kidney disease (CKD) in children. Informação atualizada em  junho de 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 27 jun. 2016.

Autor do resumo: Cristina Camargo Dalri
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!