quinta-feira, 16 de junho de 2016

O que é bronquiectasia?


Bronquiectasia ocorre quando as paredes das vias aéreas (brônquios) engrossam como resultado de inflamação crónica ou infecção, resultando na acumulação de muco.

***
Quando respiramos, o ar entra pelo nariz ou pela boca, passa pela garganta (laringe), segue por um tubo chamado traqueia, e depois segue por um sistema de tubos chamados brônquios, até chegar aos alvéolos, que são as pequenas partes dos pulmões que promovem a absorção do oxigênio e a eliminação do gás carbônico. Quando um desses brônquios, de qualquer tamanho, está dilatado, chamamos isto de bronquiectasia. Esta condição ocorre quando as paredes dos brônquios se enfraquecem como resultado de uma inflamação ou infecção, resultando na dilatação do brônquio e acúmulo de secreções no local. Em pacientes com bronquiectasia, pode haver contaminação por bactérias e outros micro-organismos, e isto pode levar à piora da respiração, além de outros sintomas. Pessoas com bronquiectasias têm crises respiratórias periódicas, chamadas exacerbações. Alguns pacientes com exacerbações podem notar uma diminuição gradual na sua saúde ao longo de algumas semanas, enquanto outros começam a ter problemas dentro de alguns dias. Com o tempo, a bronquiectasia pode levar à perda da função pulmonar. Pacientes com exacerbações frequentes ou aqueles cujos brônquios são infectadas por bactérias, como Staphylococcus aureus e Pseudomonas aeruginosa, podem perder a função pulmonar mais rapidamente e ter sintomas respiratórios mais intensos.

Referência: Dynamed[Internet]. Bronchiectasis. Atualizada em dezembro de 2015. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 10 de maio 2016.

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!