segunda-feira, 9 de maio de 2016

Qual é o tratamento para hipopituitarismo?



O tratamento do hipopituitarismo é a reposição hormonal.

***
A produção inadequada de hormônios da hipófise, ou pituitária, leva ao hipopituitarismo. O tratamento para pacientes com deficiência de um ou mais hormônios da hipófise deve ser feito através de reposição de hormônio sintético idêntico ao natural. Por exemplo: as crianças que são baixas devido a uma carência do hormônio do crescimento podem receber hormônio do crescimento sintético e, assim, podem crescer entre 10 cm e 15 cm durante o primeiro ano de tratamento, embora o crescimento posterior seja mais lento. Outros hormônios sintéticos podem ser usados no tratamento, de acordo com a necessidade da criança: glicocorticoides, hormônio da tireoide, esteroides, hormônio do crescimento, e vasopressina. Este é um tipo de tratamento considerado seguro e livre de complicações, desde que seja feito sob orientação do médico. O tratamento reside na reposição hormonal em doses já estabelecidas, e ajustes necessários das doses podem ser feitos pelo médico, conforme a necessidade do paciente.

Referência: [AcessMedicine]. Harrison's principles of internal medicine. 19ed.. Chapter 402: Hypopituitarism. Informação atualizada em 2015. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 08 mar. 2016.

Autor do resumo: Cristina Camargo Dalri
Revisor do resumo: Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão, Prof. Dr. Fabio Carmona

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!