segunda-feira, 23 de maio de 2016

Qual é o tratamento para a malformação de Chiari?



O tratamento de malformação de Chiari depende da forma, gravidade e sintomas associados. Em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária.

***
Muitas pessoas com a malformação de Chiari não apresentam sinais ou sintomas e, portanto, não necessitam de tratamento. Sua condição é detectada por acaso, somente quando exames são realizados para algum outro problema de saúde. O tratamento da malformação de Chiari depende da forma, gravidade e sintomas associados. Acompanhamentos regulares, medicamentos e cirurgia são as opções de tratamento. Em alguns casos, não é necessário nenhum tratamento. Quando dores de cabeça ou outros tipos de dor são o principal sintoma, o médico pode recomendar medicamentos para a dor. Os médicos costumam tratar a malformação de Chiari, quando é necessário, com uma cirurgia. O objetivo é parar a progressão das alterações no cérebro e no canal vertebral, bem como estabilizar os sintomas. Quando é bem sucedida, a cirurgia pode reduzir a pressão sobre o cerebelo e medula espinhal, e restaurar o fluxo normal de líquidos no cérebro. Na cirurgia mais comum para a malformação de Chiari, chamada de descompressão da fossa posterior, o cirurgião remove uma pequena parte do osso na parte de trás da cabeça do paciente, aliviando a pressão e dando mais espaço para o cérebro. O cirurgião pode também remover uma pequena porção da coluna vertebral para aliviar a pressão sobre a medula espinhal e permitir mais espaço para ela. Nos casos mais graves, podem ser necessárias outras formas de tratamento, como medicamentos para controle de convulsões, fisioterapia, fonoaudiologia, ou outras.

Referência: Dynamed[Internet]. Chiari malformations. Atualizada em setembro de 2015. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 07 de maio 2016.

Autor do resumo: Claudio Vinicius de Assis Rondado
Revisor do resumo: Prof. Dr. Fabio Carmona, Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão

Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!