terça-feira, 5 de abril de 2016

O que é hipotireoidismo infantil?


O hipotireoidismo é uma doença em que a glândula tireoide não consegue produzir quantidade suficiente do hormônio tireoidiano.

***
A deficiência na produção dos hormônios da tireoide leva ao hipotireoidismo, que é uma das doenças hormonais mais frequentes na infância. O hipotireoidismo congênito (ou seja, presente desde o nascimento) é considerado uma emergência nos recém-nascidos, devendo ser tratado prontamente. Os sinais mais precoces do hipotireoidismo em recém-nascidos são: icterícia (pele amarelada) prolongada, demora para cair o cordão umbilical, hérnia umbilical, choro rouco, e emissão de sons graves. Nos primeiros meses de vida, outros sinais tornam-se presentes: dificuldade para se alimentar, ganho de peso insuficiente, respiração ruidosa, congestão nasal, dificuldade para fazer cocô, lentidão de movimentos, pele seca, fria e pálida. Contudo, esses sinais e sintomas nem sempre se apresentam de maneira clara, podendo-se perder um tempo precioso para o início do tratamento. Daí a importância de providenciar os testes laboratoriais o mais rápido possível, quando solicitados por um pediatra. Se o hipotireoidismo congênito não for tratado, pode haver atraso do desenvolvimento neurológico e do crescimento da criança, os membros inferiores ficam mais curtos, se comparados ao tronco. Quando o hipotireoidismo é adquirido, ou seja, que aparece mais tardiamente, as consequências para o desenvolvimento neurológico do paciente podem ser menos evidentes, porém o crescimento será afetado e estes pacientes terão atraso do desenvolvimento dos ossos. No adolescente, o hipotireoidismo pode apresentar um quadro clínico de evolução mais lenta, com cansaço, dificuldades escolares, intestino preso, pele e cabelos secos, queda de cabelo, unhas que se quebram facilmente, intolerância ao frio e apetite diminuído. A obesidade não é característica do hipotireoidismo. Quando o hipotireoidismo fica sem tratamento, a longo prazo surgem alterações físicas mais graves. A pele torna-se pálida ou amarelada. Os movimentos se tornam mais lentos e existe uma diminuição dos reflexos. Desta forma, o hipotireoidismo é uma doença potencialmente grave, que deve ser diagnosticada por um médico e seu tratamento deve ser iniciado o mais rapidamente possível.

Referência: [Dynamed]. Hypothyroidism in children. Informação atualizada em nov. 2014. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/periodicos. Acesso em: 28 jan. 2016.

Autor do resumo: Cristina Camargo Dalri
Revisor do resumo: Profa. Dra. Maria Cristiane Barbosa Galvão, Prof. Dr. Fabio Carmona


Você achou esta informação útil? Clique AQUI para dar a sua opinião!